1.2 C
Nova Iorque

Arbitragem Copa do Mundo: Brasil atinge marca histórica

Arbitragem Copa do Mundo: Faltam só alguns dias para a Copa do Mundo do Qatar, agora já tá ficando difícil de segurar a emoção. Mal podemos esperar para ver os melhores do mundo em ação e saber quem será coroado Campeão Mundial por 4 anos. Além de aproveitar para fazer aquela fezinha, porque ninguém é de ferro. 

Pensando nisso, nós, da casa de apostas esportivas KTO, preparamos uma série de textos sobre a Copa do Mundo do Qatar. Mas se engana quem acha que são artigos apenas prognósticos e com dicas de apostas esportivas, mas também alguns pontos interessantes desse Mundial. Afinal, estamos torcendo para o Brasil levantar a taça em dezembro e queremos saber tudo a respeito da Copa.

Mas nessa Copa a gente não vai ficar de olho só nos jogadores não, o Brasil também vai ser representado pelos sopradores de apito. 

Com presença recorde no Qatar, serão dois árbitros brasileiros apitando as partidas: Raphael Claus e Wilton Pereira Sampaio. Velhos conhecidos do torcedor que sofre toda semana com o Brasileirão. Ambos são considerados como dois dos melhores do Brasil atualmente e são os nomes que vão nos representar no Qatar. 

Além dos árbitros, o Brasil também vai contar com cinco auxiliares na Copa: Bruno Boschilia, Rodrigo Figueiredo, Bruno Pires, Danilo Simon e Neuza Back. Esta última será parte do seleto grupo das seis primeiras mulheres a participarem da arbitragem de uma Copa do Mundo masculina da FIFA. Outra grande marca para o futebol nacional.

Como apitam os nossos representantes?

Wilton Pereira de Sampaio foi responsável pelo apito no segundo jogo da final da Copa do Brasil, entre Flamengo e Corinthians. Um jogo que teve uma grande carga de tensão, principalmente pelo pênalti não marcado na ida. Embora fosse toda outra equipe de arbitragem, a torcida pressionava procurando uma forma de compensar.

O Flamengo se sagrou campeão nos pênaltis e o jogo não teve nenhuma grande polêmica. Por causa disso, o trabalho do árbitro acabou não chamando tanta atenção. Mas foi muito criticado pela quantidade de marcações invertidas. 

Wilton é considerado um árbitro que consulta pouco o VAR e essa deve ser uma característica exibida também no Mundial. Já que, pelas orientações da FIFA, os árbitros de vídeo devem interferir o mínimo possível nas decisões de campo. Apenas quando a infração for óbvia e nunca em lances interpretativos.

Raphael Claus foi o juíz da grande final do Campeonato Paulista 2022. O juíz é conhecido por ser sempre enérgico em seus jogos e também por algumas decisões polêmicas. Como nas vezes em que mesmo chamado pelos árbitros de vídeo, revisa os lances e mantém a decisão de campo. 

Em algumas das suas partidas neste segundo semestre, houveram algumas marcações controversas. Na mais recente, em Sport x Vasco, o VAR criou uma grande confusão em seu jogo. No entanto, é sempre considerado como parte do grupo dos melhores árbitros do nosso país. Ele faz parte do quadro da FIFA desde 2015.

Arbitragem Copa do Mundo: Neuza Back, a primeira mulher brasileira na arbitragem do mundial

Pela primeira vez na história das Copas do Mundo, mulheres farão parte do quadro de arbitragem. As árbitras Stéphanie Frappart, da França, Salima Mukansanga, de Ruanda, e Yoshimi Yamashita, do Japão, vão apitar jogos no Qatar. Além de mais 3 auxiliares que também farão parte do maior espetáculo da Terra.

Como já adiantamos, no total serão 5 auxiliares brasileiros na Copa do Mundo do Qatar de 2022. Entre eles, está Neuza Back, a primeira mulher brasileira a participar da arbitragem de uma competição como essa. Junto da mexicana Karen Díaz Medina e Kathryn Nesbitt, dos Estados Unidos, são as 3 mulheres bandeirinhas do Mundial do Qatar.

A catarinense de 37 anos não esconde a satisfação com a notícia. Em entrevista para Victor Andrade, do Globo Esporte, ela demonstra que sabe da missão importante que tem no Qatar.

“É muito legal, indescritível, é um momento, assim, de alegria, de gratidão e um pouco também de senso de responsabilidade, por eu ser a única mulher eu sei que preciso ir lá e representar todas nós muito bem.”

Neuza fez sua estreia no futebol profissional em 2008 e vêm participando de jogos das principais competições nacionais há anos. Com atuações sólidas, fez parte de competições gigantes como as Olimpíadas do Rio de Janeiro de 2016 e o Mundial de Clubes de 2021, no Qatar. Ou seja, está mais do que preparada para fazer história mais uma vez!

Arbitragem Copa do Mundo: Quem são os árbitros e auxiliares?

O problema de ser juiz de futebol é que quando o trabalho é bem feito, dizem que “não fez mais que a obrigação”. Mas quando acontece um erro…. Vamos torcer para que esta Copa seja livre de polêmicas e que possa correr tudo bem com a arbitragem. Dê uma conferida na lista dos árbitros e auxiliares que vão comandar a festa no Qatar. 

Árbitros:

  • Abdulrahman Al Jassim – Catar
  • Ivan Barton – El Salvador
  • Chris Beath – Austrália
  • Raphael Claus – Brasil
  • Matthew Conger – Nova Zelândia
  • Ismail Elfath – EUA
  • Mario Escobar – Guatemala
  • Alireza Faghani – Irã
  • Stephanie Frappart – França
  • Bakary Gassama – Gambia
  • Mustapha Ghorbal – Argélia
  • Victor Gomes – África Do Sul
  • Istvan Kovacs – Romênia
  • Ning Ma – China
  • Danny Makkelie – Holanda
  • Szymon Marciniak – Polônia
  • Said Martinez – Honduras
  • Antonio Mateu – Espanha
  • Andres Matias Matonte Cabrera – Uruguai
  • Abdulla Mohammed Mohammed – Emirados Árabes Unidos
  • Salima Mukansanga – Ruanda
  • Maguette Ndiaye – Senegal
  • Michael Oliver – Inglaterra
  • Daniele Orsato – Itália
  • Kevin Ortega – Peru
  • Cesar Ramos – México
  • Fernando Rapallini – Argentina
  • Wilton Sampaio – Brasil
  • Daniel Siebert – Alemanha
  • Janny Sikazwe – Zambia
  • Anthony Taylor – Inglaterra
  • Facundo Tello – Argentina
  • Clement Turpin – França
  • Jesus Valenzuela – Venezuela
  • Slavko Vincic – Eslovênia
  • Yoshimi Yamashita – Japão

Auxiliares: 

  • Mohammadreza Abolfazli – Irã
  • Tomaz Klancnik – Eslovênia
  • Mahmoud Abouelregal – Egito
  • Andraz Kovacic – Eslovênia
  • Taleb Al Marri – Catar
  • Tomasz Listkiewicz – Polônia
  • Mohamed Alhammadi – Emirados ÁRabes Unidos
  • Walter Lopez – Honduras
  • Hasan Almahri – Emirados ÁRabes Unidos
  • Tevita Makasini – Tonga
  • Saoud Ahmed Almaqaleh – Catar
  • Mohammadreza Mansouri – Irã
  • Mihai Artene – Romênia
  • Arsenio Marengule – Moçambique
  • Kyle Atkins – Eua
  • Vasile Marinescu – Romênia
  • Neuza Back – Brasil
  • Juan Carlos Mora – Costa Rica
  • Ashley Beecham – Austrália
  • David Moran – El Salvador
  • Juan Pablo Belatti – Argentina
  • Tulio Moreno – Venezuela
  • Simon Bennett – Inglaterra
  • Alberto Morin – México
  • Gary Beswick – Inglaterra
  • Kathryn Nesbitt – Eua
  • Diego Bonfa – Argentina
  • Elvis Noupue – Camarões
  • Bruno Boschilia – Brasil
  • Adam Nunn – Inglaterra
  • Ezequiel Brailovsky – Argentina
  • Michael Orue – Peru
  • Stuart Burt – Inglaterra
  • Corey Parker – Eua
  • Djibril Camara – Senegal
  • Souru Phatsoane – Lesoto
  • Yi Cao – China 
  • Bruno Pires – Brasil
  • Ciro Carbone – Itália
  • Mark Rule – Nova Zelândia
  • Pau Cebrian – Espanha
  • El Hadji Samba – Senegal
  • Gabriel Chade – Argentina
  • Jesus Sanchez – Peru
  • Nicolas Danos – França
  • Jan Seidel – Alemanha
  • Jan De Vries – Holanda
  • Anton Shchetinin – Austrália
  • Karen Diaz Medina – México
  • Xiang Shi – China
  • Roberto Diaz – Espanha
  • Danilo Simon – Brasil
  • Jerson Dos Santos – Angola
  • Zakhele Siwela – África Do Sul
  • Abdelhak Etchiali – Argélia
  • Pawel Sokolnicki – Polônia
  • Raymundo Helpys Feliz – República Dominicana
  • Martin Soppi – Uruguai
  • Rodrigo Figueiredo – Brasil
  • Hessel Steegstra – Holanda
  • Rafael Foltyn – Alemanha
  • Nicolas Taran – Uruguai
  • Alessandro Giallatini – Itália
  • Jorge Urrego – Venezuela
  • Mokrane Gourari – Argélia
  • Caleb Wales – Trinidad E Tobago
  • Cyril Gringore – França
  • Zachari Zeegelaar – Suriname
  • Miguel Hernandez – México

Com arbitragem de vídeo e promo de boas-vindas é mais divertido!

Tá confiando na arbitragem e se animou para apostar na Copa dpo Mundo? Então se liga que a casa de apostas esportivas KTO te oferece uma série de benefícios e as melhores promoções para apostar.

Com a promo de boas-vindas KTO, na sua primeira aposta esportiva de até R$ 100, caso não vencer, você recebe todo o valor de volta na forma de freebet! É sua primeira aposta com risco zero! Tá esperando o quê? 

Texto de Glauco Motta. Curioso por tudo que envolve esportes, videogames, TV, cinema, livros e música, sem uma ordem específica. Escrevo sobre todo tipo de coisa, vou forte no competitivo, sem dar rage com o time. R10 the GOAT e Michael Scott melhor manager, sem discussão.

A gente quer te lembrar uma coisa importante: a KTO é um lugar para quem tem mais de 18 anos se entreter e aproveitar momentos de descontração e alegria. Se você ainda é menor, ou se o jogo já não está tão divertido assim no momento, deixe para voltar mais tarde.

ÚLTIMOS ARTIGOS