3.4 C
Nova Iorque

It’s coming home! Inglaterra campeã em casa na Copa do Mundo de 1966

Copa do Mundo de 1966: Já vamos chegando na 22ª edição do maior torneio de futebol do mundo! Os maiores craques da atualidade estão prontos para escrever seu nome na história lá no Oriente Médio. E a gente também tá pronto para tentar a sorte e apostar na Copa do Mundo Qatar 2022. 

A casa de apostas esportivas KTO resolveu criar uma série de textos maneiros sobre as principais seleções da Copa, assim como um pouco da história da competição. Tá tudo lá no nosso blog, junto com as melhores dicas de apostas esportivas para vocês! Afinal, esse mês vamos viver intensamente as emoções de mais uma Copa.

Neste texto, vamos tratar da primeira, e única, conquista mundial da seleção inglesa de futebol. Sob o comando dos lendários Bobby Moore, Bobby Charlton e o goleiro Gordon Banks, a Inglaterra conseguiu seu primeiro título em 1966, em casa. A edição aconteceu em solo inglês para celebrar os 100 anos da federação do país, ou seja, foi um momento histórico!

Vamos ver tudo sobre essa edição memorável da Copa do Mundo da FIFA. Os grandes craques do futebol mundial que ali fizeram história, o que houve com o Brasil bicampeão mundial e mais. Se você vai apostar na Copa do Mundo Qatar 2022 e adora lembrar da tradição, vem comigo!

Copa do Mundo de 1966: 16 seleções indo em direção à Inglaterra 

Antigamente, em toda edição da Copa do Mundo da FIFA, os anfitriões eram sempre considerados favoritos e na Inglaterra não foi diferente. Os donos da casa se mobilizaram como nunca antes e chegaram com moral. Além deles, Brasil, Alemanha Ocidental e Portugal, também eram candidatos ao título mundial daquele ano.

Na edição de 1966, foram os países africanos que boicotaram a competição, porque tiveram a vaga direta para o continente negada. Segundo o regulamento da época, o vencedor das eliminatórias africanas deveria disputar a vaga com o vencedor das eliminatórias asiáticas. Com a desistência, a Coreia do Norte se classificou automaticamente e nenhum país africano esteve presente.

Assim ficaram os grupos: 

  • 1- Inglaterra, Uruguai, México e França. 
  • 2- Alemanha Ocidental, Argentina, Espanha, Suíça.
  • 3- Portugal, Hungria, Brasil e Bulgária.
  • 4- União Soviética, Coreia do Norte, Itália e Chile. 

Pois é, o Brasil de Pelé, bicampeão mundial consecutivo, não conseguiu sequer chegar às quartas de final. Isso porque a equipe era desorganizada e o Rei se machucou na primeira partida. Chegamos com a obrigação de vencer o terceiro jogo contra a seleção portuguesa de Eusébio. Perdemos por 3-1 e ali acabou a caminhada brasileira em 66. 

A partir daí, a Copa da Inglaterra tinha 3 favoritos definidos, era aposta ganha que Inglaterra, Alemanha Ocidental ou Portugal seriam os campeões. Como todos os três se classificaram na primeira colocação, não se enfrentariam nas quartas de final. 

Copa do Mundo de 1966: começam os mata-matas da Copa do Mundo

Os donos da casa jogaram contra a Argentina nas quartas e era esperada uma partida duríssima. Assim foi, na frente de um Wembley lotado por mais de 90 mil pessoas, Geoff Hurst anotou o único gol da partida. 1-0 Inglaterra e vaga na semifinal garantida. Do outro lado da chave, Portugal enfrentava a Coreia do Norte.

Essa seleção portuguesa é lembrada como uma das melhores de todos os tempos. Liderados pelo lendário craque Eusébio, tinham como base o Benfica, que foi bicampeão consecutivo da Champions League no início da década de 60. Os portugueses venceram as quartas por 5-3 com direito a um hat-trick de Eusébio. O cara era um monstro sagrado!

Se tinham 90 mil nas quartas, o registro aponta mais de 93 mil pessoas em Wembley na semifinal de 1966. Afinal, eram as duas melhores seleções daquela Copa frente a frente. Quem fez história naquele dia foi Sir Bobby Charlton. Em um jogo truncado, o craque do Manchester United cravou duas vezes para levar a Inglaterra adiante na Copa. Eusébio ainda descontou de pênalti aos 82’, mas já era tarde. 

Para quem gosta de assistir, os melhores momentos estão disponíveis no YouTube:

Com a vitória por 2-1, os ingleses garantiram a vaga na grande final, em casa, para delírio da torcida que via a história ser escrita na sua frente. 

Os adversários na final seriam os alemães, que eliminaram o Uruguai por 4-0 nas quartas e depois conseguiram passar pela União Soviética na semi. Foi a primeira Copa disputada por Franz Beckenbauer, que começava sua histórica caminhada. E Helmut Haller se destacava pela Alemanha, o ponta terminou o torneio com 6 gols em 5 partidas.

Copa do Mundo de 1966 – Grande final polêmica: afinal, a bola entrou ou não entrou?

De acordo com os registros, Wembley tinha 96.924 pessoas naquele dia. Até mesmo a Rainha da Inglaterra, Isabel II, estava presente no estádio. Embora os ingleses fossem os grandes favoritos, a Alemanha já era campeã mundial e precisava ser respeitada. 

As equipes entraram em campo com as seguintes escalações: 

Inglaterra – G. Banks; G. Cohen, J. Charlton, B. Moore e R. Wilson; N. Stiles, A. Ball, B. Charlton e Peters; G. Hurst e R. Hunt. A formação era 4-1-3-2.

Alemanha Ocidental: H. Tilkowski; H. Hottgës, W. Schulz, W. Weber e K. Schnellinger; F. Beckenbauer e W. Overath; H. Haller, U. Seeler, S. Held e L. Emmerich. Organizado em um 4-2-4.

Um jogão recheado de craques em frente de uma multidão de torcedores dos dois lados. A partida não demorou para esquentar e Haller abriu o placar aos 12 minutos de jogo, 6 minutos depois Hurst marcou o primeiro dele e da Inglaterra para empatar. Dali adiante, apesar das chances criadas, o jogo ficou muito mais picado.

Até que aos 33 do segundo tempo Peters vira o jogo para a festa dos torcedores locais. No último minuto, depois de uma confusão na área inglesa, Weber completou para o gol e deixou tudo igual, levando a partida para a prorrogação. E foi aí que aconteceu a maior polêmica dessa Copa.

Aos 11 minutos do tempo extra, Hurst domina uma bola dentro da área, gira em cima do zagueiro e completa em direção ao gol. A bola bateu no travessão, quicou em cima da linha e foi tirada, os ingleses saíram comemorando e os alemães reclamando. O árbitro consultou o auxiliar e confirmou o tento para a Inglaterra. Ai se tivesse VAR…

Enfim, o gol foi confirmado e praticamente sacramentou a vitória dos ingleses. A Alemanha se lançou ao ataque, mas de nada adiantou. Aos 120 minutos, Hurst aproveitou um contra ataque para marcar um golaço e liquidar a fatura. Inglaterra 4-2, nenhum outro jogador na história do futebol marcou três gols em uma final de Copa do Mundo da FIFA. Lendário.

Para quem se interessa, a grande final foi registrada e está disponível no YouTube com comentários em inglês.

Apesar de toda a polêmica, a final de 1966 marca o único título mundial inglês até hoje. A imagem de Bobby Moore entregando a Taça à Rainha ainda segue marcada na cabeça dos ingleses. Os inventores do futebol chegaram à semifinal mais duas vezes, mas nunca mais alcançaram uma final de Copa do Mundo.

Que tal fazer uma fezinha na Copa sem risco algum?

E aí, tá animado para apostar na Copa do Mundo Qatar 2022? A Inglaterra vem forte, assim como as melhores promoções para apostar aqui na casa de apostas esportivas KTO. E com a oferta de boas-vindas KTO, você faz sua primeira fezinha sem riscos!

Na sua primeira aposta online de até R $200, caso não vencer, você recebe todo o valor de volta na forma de freebet. Diversão na KTO é aposta ganha!

Texto de Glauco Motta. Curioso por tudo que envolve esportes, games, TV, cinema, livros e música, sem uma ordem específica. Escrevo sobre todo tipo de coisa, vou forte no competitivo, sem dar rage com o time. R10 the GOAT e Michael Scott melhor manager, sem discussão.

A gente quer te lembrar uma coisa importante: a KTO é um lugar para quem tem mais de 18 anos se entreter e aproveitar momentos de descontração e alegria. Se você ainda é menor, ou se o jogo já não está tão divertido assim no momento, deixe para voltar mais tarde.

ÚLTIMOS ARTIGOS