9.6 C
Nova Iorque

Copa do Mundo de 2010: Waka Waka e tiki-taka, o primeiro título da Espanha

Copa do Mundo de 2010: Já saiu a recomendação do governo federal para que o expediente seja mais curto nos dias de jogo do Brasil. O país inteiro já está se mobilizando para ver os nossos craques fazendo história. Enquanto nós estamos de olho em tudo para aproveitar as melhores oportunidades e apostar na Copa do Mundo 2022

E aqui na casa de apostas esportivas KTO nós respiramos futebol e Copa do Mundo! Por isso, produzimos uma série de textos marotos contando tudo sobre a maior festa do futebol mundial. São muitas listas, prognósticos, guias, curiosidades e, é claro, as melhores dicas de apostas online

Agora pedimos perdão por recolocar essa música que provavelmente vai passar umas horas na sua cabeça, mas sim, vamos falar sobre a Copa de 2010. A Copa do Waka waka e do Tiki-taka. Embalados pelo sucesso absoluto de Shakira, os espanhóis fizeram história na primeira Copa do Mundo realizada em solo africano e conquistaram seu primeiro mundial.

Com a renovação das grandes gerações de Itália e França pós Copa de 2006, a Espanha começou a dominar o futebol europeu. Sob o comando de Vicente del Bosque, o estilo de jogo com ampla posse e muito toque de bola, conhecido como Tiki-taka, virou o diferencial da seleção espanhola. Com um time formado quase exclusivamente por jogadores de Barcelona e Real Madrid, os caras deram aulas na África do Sul! 

Copa do Mundo de 2010: todos de olho na África do Sul

Os grandes favoritos para vencer a Copa de 2010 eram Espanha, Brasil, Inglaterra e Argentina. Em retrospecto, a gente já devia saber que seria impossível vencer com o Dunga como técnico, mas enfim. Os espanhóis haviam vencido a Eurocopa de 2008 e dominavam o cenário europeu. Já Inglaterra e Argentina corriam por fora, mas ambas tinham gerações vencedoras. 

Assim ficou a fase de grupos após as três rodadas iniciais: 

  • A – Uruguai, México, África do Sul e França;
  • B – Argentina, Coreia do Sul, Grécia e Nigéria;
  • C – Estados Unidos, Inglaterra, Eslovênia e Argélia;
  • D – Alemanha, Gana, Austrália e Sérvia;
  • E – Holanda, Japão, Dinamarca e Camarões;
  • F – Paraguai, Eslováquia, Nova Zelândia e Itália;
  • G – Brasil, Portugal, Costa do Marfim e Coreia do Norte;
  • H – Espanha, Chile, Suíça e Honduras.

A Seleção Brasileira passou da fase de grupos na primeira colocação do Grupo G. Vencemos a Coreia do Norte por 2-1 na estreia, depois fizemos 3-1 na Costa do Marfim para garantir a vaga. Na terceira rodada, ainda empatamos com Portugal para garantir o topo. 

A Espanha começou sua caminhada na Copa perdendo por 0-1 para a Suíça. Mas se recuperou vencendo Honduras na segunda rodada por 2-0 e depois passou pelo Chile por 2-1, para garantir o topo do Grupo H. É curioso que os campeões quase não passaram da fase de grupos.

Independentemente de como foi, as duas principais favoritas cumpriam seu papel e avançavam conforme o esperado. O choque da fase de grupos foi a eliminação de Itália e França, foi a primeira vez na história que campeão e vice caíram na fase de grupos da Copa seguinte.

Copa do Mundo de 2010: começa o mata-mata e haja coração torcida brasileira!

As oitavas de final da Copa de 2010 tiveram os seguintes confrontos: 

  • Uruguai x Coreia do Sul
  • Estados Unidos x Gana
  • Holanda x Eslováquia
  • Brasil x Chile
  • Argentina x México
  • Alemanha x Inglaterra
  • Paraguai x Japão
  • Espanha x Portugal

O Brasil passou facilmente pelo Chile com um sonoro 3-0 em uma partida que começou muito disputada. Juan abriu o placar de cabeça após escanteio aos 35’ e Luis Fabiano driblou o goleiro para marcar o segundo 3 minutos depois. Robinho ainda fez o terceiro aos 14 do segundo tempo para fechar o placar. 

Já a Espanha, venceu a seleção portuguesa com um golzinho maroto de David Villa aos 18’ do segundo tempo. Aliás, alerta de spoilers, a Espanha venceu todos os mata-matas de 2010 por 1-0, fazendo o mesmo jogo! Nas quartas de final foi a vez do Paraguai sofrer o 1-0, Villa marcou aos 28’ do segundo tempo e garantiu a vaga na semifinal! 

Foi nas quartas de final que acabou a sorte verde e amarela naquela Copa. O Brasil enfrentou a boa seleção holandesa, que tinha eliminado a Eslováquia nas oitavas. Apesar de sair na frente com gol de Robinho aos 10 minutos, Felipe Melo estragou tudo, com força! O volante falhou em ambos os gols de Sneijder e foi expulso 5 minutos depois da virada laranja. Tenebroso.

As semifinais estavam definidas: Uruguai x Holanda e Alemanha x Espanha. 50% de chance de haver um campeão do mundo inédito. Você que vai apostar na Copa do Mundo Qatar 2022, acha que esse ano teremos uma seleção conquistando sua primeira Copa? 

Dois jogos para a maior Glória do futebol: seguindo a fórmula das vitórias

A Holanda passou pelo Uruguai em um jogão! Giovanni Van Bronckhorst acertou um pombo sem asa de muito longe, aos 18’, para abrir o placar para a Laranja Mecânica. Forlán acertou o dele para empatar o placar ainda no primeiro tempo. O jogo era duro quando um apagão da zaga uruguaia custou dois gols, aos 70’ para Sneijder e aos 73’ para Robben. A Celeste ainda descontou, mas já era tarde, 3-2 e Holanda na final. 

Na outra semifinal, Alemanha e Espanha protagonizaram uma grande batalha em frente de mais de 60 mil pessoas em Durban. Um jogo pegado, com oportunidades perdidas para os dois lados. Até que em um escanteio, aos 27 do segundo tempo, Carles Puyol cabeceou forte para estufar a rede de Neuer e garantir à Espanha sua primeira final de Copa.

Estava definido que teríamos um Campeão do Mundo inédito, doze anos depois da primeira conquista da França em 1998. A Espanha de Xavi e Iniesta ia entrando para a história. Assim como a Holanda de Robben, Sneijder e Van Persie. Estas foram as escalações daquela final:  

  • Holanda: M. Stekelenburg; G. Van der Wiel, J. Heitinga, J. Mathijsen e G. Van de Bronckhorst; N. de Jong e M. van Bommel; D. Kuyt, W. Sneijder e A. Robben; R. Van Persie. A Holanda de Bert van Marwijk jogava em um esquema 4-2-3-1. 
  • Espanha: I. Casillas; S. Ramos, G. Piqué, C. Puyol e J. Capdevila; X. Alonso, S. Busquets, Xavi e Iniesta; Pedro e D. Villa. A “Fúria” de Vicente del Bosque jogava em um 4-4-2 cheio de variações.

Aquela foi uma das finais de Copa do Mundo mais violentas de todas! A Holanda entendeu que poderia atrapalhar o jogo espanhol com faltas e assim o fez. Com o jogo picado, a Espanha não conseguia envolver a Laranja na rede de passes que criava. O tempo ia passando, as seleções perdiam algumas chances e os nervos se afloravam. 

No total, foram 46 faltas marcadas e 13 cartões amarelos aplicados, uma verdadeira batalha campal e nada de bola na rede! Robben chegou a perder uma chance incrível cara a cara com Casillas. Não teve jeito, a partida foi para a prorrogação e não tinha como cravar quem seria o campeão.

Até que Heitinga recebeu o segundo amarelo aos 5 minutos do segundo tempo da prorrogação. A Espanha vai com tudo para cima e aos 116 minutos de jogo, Cesc Fàbregas, que havia entrado ao longo da partida, encontra Iniesta livre dentro da área. O meia do Barcelona fuzilou o gol laranja para garantir o primeiro título mundial espanhol.

Foi assim que aquela geração da “La Roja” marcou história e se tornou a melhor geração espanhola de todos os tempos. Ao menos, a mais vencedora. Eles ainda venceram também a Eurocopa de 2012, antes da inevitável renovação chegar. Nós vamos estar de olho na Espanha no Qatar!

Vai soltar essa freebet para trazer o hexa?

Já tá sabendo que a sua primeira fezinha na KTO é sem riscos, né? É isso mesmo, a casa de apostas esportivas KTO oferece muitos benefícios e as melhores promoções para apostar

Com a oferta de boas-vindas, na sua primeira aposta online de até R$ 200, caso não vencer, você recebe todo o valor de volta na forma de freebet. Tá esperando o quê para começar? 

Texto de Glauco Motta. Curioso por tudo que envolve esportes, games, TV, cinema, livros e música, sem uma ordem específica. Escrevo sobre todo tipo de coisa, vou forte no competitivo, sem dar rage com o time. R10 the GOAT e Michael Scott melhor manager, sem discussão.

A gente quer te lembrar uma coisa importante: a KTO é um lugar para quem tem mais de 18 anos se entreter e aproveitar momentos de descontração e alegria. Se você ainda é menor, ou se o jogo já não está tão divertido assim no momento, deixe para voltar mais tarde.

ÚLTIMOS ARTIGOS