3.4 C
Nova Iorque

Jogadores com nomes engraçados e difíceis que estarão na Copa do Mundo

Os jogadores com nomes engraçados e difíceis que estarão na Copa do Mundo: a Copa do Mundo de 2022 está cada vez mais próxima! Marcada para começar no dia 20 de novembro, às 13h, com a partida entre Catar, país sede, e Equador no Al Bayt Stadium, com certeza contará com muitas emoções e, assim como as outras edições, ficará para a história do futebol.

Aqui na KTO já estamos nos preparando para a competição mais importante do planeta do futebol, então é bom você ficar ligado e não perder nenhuma partida para apostar na Copa do Mundo.

Além das grandes seleções, grandes nomes estarão na disputa pela taça. Messi, Neymar, Cristiano Ronaldo, Mbappé, Harry Kane e muitos outros craques, quando entrarem em campo, chamaram a atenção dos holofotes da competição.

Além dos jogadores conhecidos, muitos outros craques de seleções menos famosas estarão em campo representando as seleções. Aí que mora o problema, principalmente para os narradores das competições.

Como sabemos, nomes sempre dão o que falar no futebol, tanto pela estranheza já que não estamos acostumados com algumas letras que são usadas em certos países, tanto pelas piadas que acabam sendo criadas com algum nome, como por exemplo o famoso Milton Caraglio e o italiano Salvatore Bocchetti.

Para esta edição da Copa do Mundo de 2022 vamos listar os nomes mais complicados e engraçados que podem aparecer em campo pela competição.

Grupo A é recheado de piadas ruins

No primeiro grupo da Copa do Mundo de 2022, é formado por Qatar, Equador, Senegal e Holanda.

Na seleção equatoriana, Moisés Caicedo (meia) é responsável por gerar a famosa piada sobre o jogador cair cedo assim que é derrubado.

Provavelmente alguém, nas redes sociais ou durante as transmissões, fará essa piada infame.

Na Holanda, os narradores precisam tomar cuidado com a pronúncia do meio-campista Teun Koopmeiners.
Em Senegal, Sadio Mané foi alvo de muitas piadas quando surgiu no mundo do futebol, mas provavelmente dessa vez passará batido porque a brincadeira já se desgastou muito.

Irã vai dificultar a vida dos narradores

O segundo grupo da competição é formado por Inglaterra, Irã, Estados Unidos e País de Gales.

Os iranianos com certeza serão responsáveis por pelo menos um trava língua durantes as transmissões dos jogos.
Amir Abedzadeh (goleiro), Shojae Khalilzadeh (zagueiro) e Alireza Jahanbakhsh (atacante) darão trabalho para os narradores nas partidas.

Narradores querem fugir dos Árabes e Poloneses

Este grupo, formado por Argentina, México, Arábia Saudita e Polônia, principalmente por conta dos poloneses, deverá ser um forte candidato para gerar confusões, tanto na grafia, quanto na pronúncia dos nomes dos jogadores.

Na Argentina, alguns brincam com o nome do volante e apontam que não passa nada pelo Leandro Paredes. Realmente uma piada no nível de Caicedo.

Na Arábia, Yasser Al-Shahrani (lateral), Hassan Al Tambakti (zagueiro) e Salem Al-Dawsari (meia) são alguns nomes da seleção que podem complicar o narrador, principalmente se fizerem um gol e obrigarem os narradores a gritar seus nomes.

Além do argentino Paredes parar todos os ataques, o Andrés Guardado (meia), do México, é o jogador que sofre com as piadas sobre sempre estar armazenado em algum lugar, tanto que tem 35 anos e está em boa forma, talvez esteja muito bem guardado.

A Polônia é um prato cheio para aqueles que gostam de nomes complicados. Łukasz Skorupski (goleiro), Bartosz Bereszyński (lateral), Grzegorz Krychowiak (volante) e Sebastian Szymański (atacante) devem causar dores de cabeça até no pessoal que confecciona os uniformes da seleção.

Trocadilhos não falta na seleção da Austrália

A atual campeã França, Dinamarca, Tunísia e Austrália formam o quarto grupo.

A curiosidade, para quem não está sabendo, os australianos vão ter um rei em campo atuando na lateral-esquerda. Trata-se de Joel King.

Ainda na seleção, tem o jogador que garante a boa vitória para os australianos, o ponta Craig Goodwin.

Já o meia australiano Ajdin Hrustic deve ter confundido o pessoal do cartório e provavelmente vai confundir algum narrador.

O nome do jogador dinamarquês Pierre-Emile Hojbjerg (volante), para aqueles que não acompanham os jogos do Tottenham, pode causar estranheza nos que vão acompanhar a Copa do Mundo de 2022.

Na Tunísia, Mohamed Ali Ben Romdhane (meia) deve ser o dono do nome mais longo da Copa do Mundo de 2022.
Ferjani Sassi (meia) também da Tunísia não é aquele famoso personagem do folclore brasileiro. O que não dá para saber é se ele não vai aprontar alguma travessura.

Costa Rica e Japão vão sofrer com piadas

Formado por Espanha, Alemanha, Costa Rica e Japão, é considerado por muitos como o grupo da morte, mas também será um prato cheio para quem gosta de trocadilhos com nomes.

Francisco Calvo, zagueiro da Costa Rica, apesar do nome, não faz parte do seleto grupo que já perdeu o cabelo. O volante Orlando Galo, também da Costa Rica, tem o famoso costume de acordar os companheiros logo cedo com seu canto bem alto.

O japonês Takuma Asano (atacante), provavelmente nas redes sociais, será alvo de alguma piada relacionada à culinária, quando a comida vai para o forno e fica assando. Já o atacante Yuya Osako (foto), deve estar de saco cheio das piadas envolvendo o seu nome.

Irmãos estarão em campo

Marrocos, Croácia, Bélgica e Canadá formam o grupo. Na seleção da Bélgica, se Amadou Onana (meia) entrar em campo, os fãs de Rihanna com certeza se lembrarão daquela música “Ooh na na, what ‘s my name?”.

Ainda do lado dos belgas, Yannick Carrasco (ponta) já tem a alcunha de matador, não importando o adversário.

O Canadá conta com um jogador tão vitorioso que leva a vontade de vencer no nome, Steven Vitória (zagueiro).

Já no Marrocos uma grande curiosidade, os irmãos Ryan Mmaee (atacante) e Samy Mmaee (zagueiro) estarão em campo dando orgulho para a família em dobro.

O atacante marroquino Youssef En-Nesyri ficará encarregado de dificultar a narração quando pegar na bola.

Na Croácia veremos se Bruno Petkovic (atacante) tem a mesma habilidade na hora de bater faltas como o lendário ex-jogador que atuou no Brasil.

O veterano Domagoj Vida, que atua como zagueiro, tem no nome uma palavra muito comum no vocabulário do brasileiro e já foi alvo de piadas envolvendo a música do grupo KLB “A Dor Desse Amor”.

Erro na Matrix da Sérvia

Brasil, Suíça, Sérvia e Camarões formam o penúltimo grupo.

Os sérvios talvez sejam os jogadores com mais nomes iguais na Copa do Mundo de 2022. Os goleiros Marko Dmitrovic e Marko Ilic, os  zagueiros Strahinja Erakovic e Strahinja Pavlovic, os meias Filip Djuricic e Filip Kostic, os meias Nemanja Gudelj, Nemanja Radonjic e Nemanja Maksimovic e os atacantes Dusan Tadic e Dusan Vlahovic curiosamente têm os mesmos primeiros nomes e ocupam as mesmas posições.

Na Suíça, Breel Embolo (atacante) talvez seja o jogador que embole a partida e Denis Zakaria (volante), caso não vá bem na Copa, pode se aventurar como comediante.

Em Camarões, o terceiro goleiro Simon Ngapandouetnbu, que não é um nome certo na Copa, pode causar um belo problema para os narradores quando fizer uma defesa.

O goleiro Andre Onana e o meia Jean Onana são outros jogadores com o mesmo nome na seleção de Camarões e na seleção belga, Amadou Onana.

O nome mais complicado da competição

Por fim, o último grupo contará com Portugal, Uruguai, Coreia do Sul e Gana.

A seleção portuguesa, que antigamente era um grande alvo de piadas por conta dos nomes dos jogadores, neste ano contará com o atacante Diogo Jota, que o apelido é literalmente uma letra do alfabeto escrita por extenso.

Na seleção de Gana, Mubarak Wakaso já foi alvo de piadas envolvendo “Epitáfio”, dos Titãs.

O atacante da seleção africana Ransford-Yeboah Königsdörffer com certeza tem um dos nomes mais complicados da Copa de 2022.

E, por incrível que pareça, os coreanos provavelmente não irão dificultar as narrações por conta dos nomes curtos.

Será que esses nomes irão gerar bons memes durante a Copa do Mundo de 2022? Bom, isso não podemos ter certeza, mas o que podemos afirmar é que aqui na KTO você pode se divertir muito. Então não perca tempo, registre-se na KTO e já comece a se planejar para apostar na Copa do Mundo.

Texto por Lucas Perillo. Tudo sobre esporte me atrai, talvez seja por isso que minha aula favorita na escola era educação física. Atleta frustrado, me dediquei ao jornalismo, pois já que não podia ser um profissional praticando esporte, decidi ser um profissional cobrindo esporte.

A gente quer te lembrar de uma coisa importante: a KTO é um lugar para quem tem mais de 18 anos se entreter e aproveitar momentos de descontração e alegria. Se você ainda é menor, ou se o jogo não está tão divertido assim no momento, deixe para voltar mais tarde.

ÚLTIMOS ARTIGOS