10.4 C
Nova Iorque

Hexa do Brasil: Lucas Paquetá e o gingado brasileiro

Lucas Paquetá e o gingado brasileiro: Com a Copa do Mundo do Qatar batendo na porta, nós aqui da casa de apostas esportivas KTO decidimos fazer uma série de textos sobre os craques da nossa seleção. Cada um deles tem uma função fundamental na nossa busca pelo hexa, e é claro, na sua busca pela aposta ganha. Aqui na KTO nós oferecemos os melhores mercados e odds balanceadas para você apostar na Copa do Mundo.

Habilidade e alegria ao jogar são as duas principais características do futebol brasileiro. E tem um meio campo do Brasil que estará no Qatar que esbanja as duas. Lucas Paquetá é craque com a bola nos pés e nas dancinhas também. E ele já prometeu: No Qatar vai ter muita dança, sim!

Em uma seleção tão estrelada quanto a brasileira, com nomes como Vini Junior, Casemiro, Neymar e companhia, Lucas Paquetá acabou ganhando um destaque enorme. A sua evolução no futebol francês foi absurda e ele se tornou peça fundamental nos comandados de Tite. Responsável por fazer a bola andar do meio de campo para o ataque, ele também é responsável por levar as dancinhas para a seleção mais alegre do mundo.

Acompanhe a seguir um breve resumo da carreira de Paquetá, suas dancinhas e sua relação com a seleção brasileira.

A base no Flamengo e a estreia no profissional

Paquetá chegou ainda muito novo no Flamengo. Nascido em 1997, com apenas 8 anos de idade ele já vestia o manto rubro-negro carioca. Titular da equipe que foi campeã da Copa São Paulo de futebol júnior em 2016, ele já começava a ser uma jovem esperança para o Flamengo. Ainda em 2016 ele foi incorporado ao grupo principal e aproveitado em algumas partidas do Campeonato Carioca.

Na temporada de 2017 pudemos ver as primeiras demonstrações de habilidade do craque. Com a bola nos pés? Sim, mas também vimos as primeiras dancinhas do meio-campista tomando conta do futebol brasileiro. O jogador fez lembrar o porquê de amarmos tanto o esporte, que para além da competição vem a alegria de estar em campo.

Em 2018 ele ganhou destaque e virou uma das peças fundamentais do Flamengo. Não demorou para os times da Europa crescerem o olho e fazerem propostas, e em janeiro de 2019 o meia se apresentou no Milan da Itália. Somando seu tempo de base e os primeiros anos do profissional, Lucas Paquetá passou mais de 11 anos no Flamengo.

Lucas Paquetá: começo na Europa não foi o esperado

No Milan o começo foi complicado, comandado pelo técnico Gattuso, ele teve algumas oportunidades, mas em pouco tempo o destaque foi se perdendo. No clube italiano foram mais de 40 partidas e apenas 1 gol e 4 assistências. Além da troca de técnicos e contratações para a sua função, Paquetá foi ficando de canto.

Na temporada 2020/21 a alegria voltaria a surgir. Paquetá foi vendido por um valor aproximado a 18 milhões de euros para o Lyon da França. Com a adaptação ao futebol francês muito mais tranquila que ao italiano, Paquetá passou a ganhar mais oportunidades e responder bem em campo.

O ano de 2021 começa com ele já estabelecido como titular do Lyon. A temporada 21/22 transformou Paquetá em um meio-campista completo. Com muita força pra ir pro ataque, com habilidade e finalização, mas que ainda dá combate para apoiar a recomposição da defesa. Foram 44 partidas, 11 gols e 4 assistências nesta temporada.

Lucas Paquetá teve uma mudança inesperada

Lucas Paquetá já havia ganhado o coração do torcedor do Lyon, liderança, habilidade, gols e muita dancinha embalaram as 2 temporadas em que ele jogou por lá. Mas em um passo um pouco inesperado o jogador trocou o futebol francês pelo inglês.

No final de 2022 foi oficializada a venda de Paquetá para o West Ham, um time histórico da Inglaterra, mas com pouca relevância futebolística recentemente. Verdade é que o clube largou um caminhão de dinheiro em cima do time francês, fazendo com que a proposta fosse irrecusável. 60 milhões de euros e Paquetá se tornou o jogador mais caro da história dos Hammers.

Na seleção ele começou a dançar desde cedo e não parou mais

Lucas Paquetá é figurinha carimbada com a amarelinha já há alguns anos. Em 2016, com 19 anos, ele foi convocado para representar o Brasil na seleção sub-20. Mas já em 2018 ele recebeu a primeira oportunidade com a camisa da seleção principal.  

E ele, inclusive, já tem título conquistado com a seleção brasileira. Em 2019 foi parte do elenco que ganhou a Copa América do Brasil. Com apenas 25 anos, Paquetá faz parte da renovação do Brasil e é um dos que vão nos representar ainda por muitos anos. E quanto mais dancinha tiver melhor.

Com a experiência adquirida nos últimos anos e a química que apresentou com Neymar dentro de campo, Paquetá virou peça importantíssima do Brasil. Agora é acompanhar a estrela do menino brilhar no Qatar e na companhia de Neymar e Vini Junior preparar todos os passos de dança! Veja um vídeo com algumas das danças dos meninos aqui.

Entre no clima da Copa e aproveite a promo de boas-vindas da KTO

Quer entrar no mundo das apostas online durante o mundial do Qatar? Aqui na casa de apostas esportivas KTO você encontra tudo que precisa para começar com o pé direito! A KTO é uma casa de apostas segura, sem burocracia, e com as melhores oportunidades para você apenas se divertir na hora de apostar na Copa do Mundo.

A promo de boas-vindas para novos apostadores funciona assim: Você só precisará criar a sua conta, fazer o primeiro depósito e escolher o jogo em que quer fazer a sua fezinha. Caso a sua aposta nesse jogo dê ruim e você acabe errando o palpite, nós devolveremos 100% do valor apostado (até R$200). Assim você estará seguro e terá mais uma chance para conseguir sua aposta ganha. Registre-se na KTO agora mesmo!

Texto de Nicolas Soares.  Fanático por futebol, especialmente do interior. Apaixonado pela cultura latino-americana. Fã de Gabriel García Márquez e Eduardo Galeano.

A gente quer te lembrar de uma coisa importante: a KTO é um lugar para quem tem mais de 18 anos se entreter e aproveitar momentos de descontração e alegria. Se você ainda é menor, ou se o jogo não está tão divertido assim no momento, deixe para voltar mais tarde.

ÚLTIMOS ARTIGOS