24.1 C
Nova Iorque

Entrevista: GOD Unidas fala sobre o cenário dos e-sports e parceria com a KTO

A casa de apostas e-sports KTO orgulhosamente apresenta sua parceria com a GOD Unidas, um dos grandes nomes dos e-sports no país.

Essa semana sentamos pra trocar uma ideia com um dos nossos novos parceiros, a organização de eSports GOD Unidas. Rafael Magalhães da Silva, um dos deuses do Olimpo, COO da organização, desceu ao nosso plano e respondeu algumas perguntas sobre a organização.

Falamos sobre a história da GOD Unidas, sobre como essas verdadeiras entidades dos eSports se preparam todos os dias, sobre o futuro da organização e dos eSports no cenário nacional. Fiquem ligados pois vocês ainda vão ouvir falar muito sobre esses Deuses.

Conta um pouco da história da GOD Unidas pra gente e sobre a sua presença na organização

A GOD Unidas começou através do meu sócio, o Edson “GOD WINS” Silva, ele foi o fundador da GOD. Eu estou na organização faz quase dois anos, desde quando eles chegaram à elite do Free Fire nacional. Pouco antes de começar a parceria com a Unidas e passar de GOD eSports para GOD Unidas. 

Hoje estamos na Série A da Liga Brasileira de Free Fire e temos sim a intenção de, no futuro, abrir portas para outros eSports também. Como já entramos em alguns outros, temos no radar algumas modalidades diferentes que nos interessam.

Certo, então vocês já acompanham outros eSports? Já pensam em expandir?

Já, com certeza. Sabemos que o cenário dos jogos eletrônicos é muito forte no Brasil, no FF principalmente por ser um jogo bem social e de fácil acesso a todos. Mas estamos de olho, vemos muito potencial e gostamos de FIFA, Pokémon, CS:GO, Valorant, entre outros, diria que esses são os games com mais oportunidades no momento.

O Counter Strike é muito legal, não só pelas possibilidades competitivas, mas também porque é um eSport que possibilita aos jogadores muitas viagens, além do crescimento como jogador profissional, a vivência de sair do país para competir é interessante pra todos no âmbito pessoal.

Sabemos que o Brasil tem muitos jogadores e equipes de CS de sucesso, esses modelos são inspiração pra vocês?

O mundo dos eSports é exatamente como outros esportes tradicionais. Os mais ricos querem sempre os melhores e o restante luta para disputar e seguir competindo na elite. Eu vejo o cenário muito parecido ao do futebol mesmo, os times que conseguem os melhores jogadores vão estar sempre lá em cima. Enquanto os outros batalham para formar grandes equipes e seguirem disputando grandes competições.

Por enquanto, esse é o nosso principal objetivo, seguir na no mais alto nível, valorizando a nossa marca e crescendo cada vez mais ao lado dos nossos parceiros. Sem dúvidas sabemos que estamos chegando mais perto das grandes conquistas, mas tudo é um processo.

Quantos anos já tem a organização? Quais são algumas das conquistas de vocês no cenário?

A GOD foi fundada há 4 anos, bem no início da presença do jogo no Brasil. O Edson foi o primeiro streamer de FF que explodiu no cenário nacional. Hoje ele faz lives jogando, mas também tem feito muitas de cassino que estão bombando.

Nós temos a equipe de Emulador e a equipe de Mobile. Os principais títulos da equipe de Emulador são a Copa NFA e a Liga NFA aqui no Brasil, mas já conquistaram diversos torneios. Com a equipe Mobile, beliscamos um 2º lugar na Copa Gigantes, um campeonato que envolveu toda a América Latina. Depois de um split na Série B, voltamos para a Série A da LBFF (Liga Brasileira de Free Fire) e no split passado chegamos na final. Hoje temos uma equipe muito forte, estamos na final da Copa FF e daqui a dois meses vamos participar da LBFF 8.

E quais outros campeonatos vocês já estão se preparando para disputar nesse ano?

No cenário Emulador tem diversos campeonatos, mas no Mobile apenas as duas competições oficiais do Brasil (Copa FF e Liga Brasileira de Free Fire). O restante são campeonatos de menor expressão que participamos como forma de preparação pra equipe. Mas a equipe Emulador vai jogar a final da Copa NFA, no Hopi Hari, um dos maiores eventos presenciais do cenário que acontece agora entre 6 e 7 de agosto.

Falando um pouco sobre o cenário do FF, além da GOD Unidas, na sua opinião quais são as grandes equipes do Brasil no momento?

Hoje todos os times da final da Copa FF são times a serem batidos. No server, todos os jogadores da final dão muita bala, mas às vezes dependemos de um brilho da sorte. Mas como organização nos espelhamos em nomes como a B4, Loud, Fluxo, Los Grandes. Que são equipes que vieram do FF e estão expandindo para outros eSports. 

A Los Grandes já tem times em diversos jogos, a Loud já é o melhor time do Brasil no Valorant. Outras equipes também têm esse pensamento que nós temos e esse é o norte que nós vamos seguir. Buscando referências no nosso eSport em que começamos, que é o FF.

Agora sobre a preparação dos jogadores, como é a rotina de treinamentos da GOD Unidas?

É um dia a dia bem puxado para um jogador de esportes eletrônicos. As pessoas pensam que é fácil ou que é só um “joguinho”, mas a verdade é que é muito mais que isso. É uma profissão na qual os meninos batalham demais todos os dias. Se tu quer ser campeão, tem que treinar sempre.

Os nossos jogadores cumprem uma rotina de 8 horas de treinamentos diários, às vezes até mais. E mesmo depois dos treinos você vê eles jogando, a vontade de vencer é tão grande que se tornou um trabalho sério e fica evidente o quanto essa molecada trabalha.

Eu falo molecada porque querendo ou não a média de idade é muito baixa. O jogador mais velho da nossa equipe hoje tem 18 anos. E pra eles é muito importante essa experiência, pois eles já começam cedo a entender o que é trabalho. Sair de sua cidade natal e ir morar na GH (Game House), longe dos pais, não é fácil.

A rotina é mais ou menos assim: eles começam a treinar às 10 da manhã, aí têm uma parada para o almoço e um descanso pela tarde, mas seguem com os treinamentos, em geral, até umas 8 horas da noite de segunda a sexta.

E quem é o grande destaque da Equipe hoje? A gente viu que o Rigby tá vivendo uma grande fase, é ele quem mais tá brilhando mesmo?

Ah eu diria que hoje o nosso destaque é o Rigby, mas seria injusto não ressaltar o grande trabalho que toda a nossa equipe tem feito. Pois tudo isso é resultado de treino e trabalho, hoje nós temos um grande treinador, um grande capitão e o Rigby é mais um peça chave da nossa equipe que não para de se esforçar para alcançar tudo que eles podem.

Quem fica na Game House de vocês? A equipe toda, com treinador e vocês da organização fazem visitas regulares?

Sim, temos a Equipe de FF vivendo na Game House e ampliamos a estrutura recentemente, então quando chegar o momento, já temos o espaço para colocar ao menos mais uma equipe lá sem problemas. 

É uma GH que fica em Alphaville, em São Paulo, e a molecada vive uma vida de rei. Eles contam com todo o apoio necessário para poder focar só nos treinamentos. Além de toda a estrutura do condomínio, a GH conta com uma ótima sala de treinamentos, equipamentos e tudo que eles precisam para desempenhar o seu melhor.

Então pelo que você nos contou, a GOD Unidas tem tudo preparado pra começar a expansão e tomar conta aí no cenário nacional?

Com certeza! Nosso objetivo é sempre crescer, buscar parceiros que nos ajudem a viabilizar tudo isso e vamos expandir para outros jogos. O que aparecer aí nós estamos de olho, hoje recebemos contatos de inúmeras equipes que gostariam de trabalhar com a gente.

Sempre damos atenção e acompanhamos vários cenários, na hora que pintar a oportunidade estaremos dando o próximo passo. Quando chegar o momento eu já sei quem vamos procurar.

Fala um pouco da parceria com a KTO, como aconteceu tudo isso?

A parceria vem pra gente buscar justamente esse crescimento da organização. Eu recebo com muita alegria essa parceria KTO + GOD Unidas, uma empresa que já tem muita experiência e presença internacional nos esportes. E vejo muita determinação muito forte em fazer parte no mundo dos esportes eletrônicos.

Acho que essa parceria simboliza bem o nosso trabalho aqui, que está sempre buscando a valorização da GOD Unidas através do apoio de grandes empresas. Além do apoio da Unidas, agora contamos com essa parceria da KTO. Aproveitando o gancho das apostas, nós esperamos que seja uma parceria de muitas odds vencedoras pros dois lados!

Texto de Glauco Motta. Curioso por tudo que envolve esportes, videogames, TV, cinema, livros e música, sem uma ordem específica. Escrevo sobre todo tipo de coisa, vou forte no competitivo, sem dar rage com o time. R10 the GOAT e Michael Scott melhor manager, sem discussão.

A gente quer te lembrar de uma coisa importante: a KTO é um lugar para quem tem mais de 18 anos se entreter e aproveitar momentos de descontração e alegria. Se você ainda é menor, ou se o jogo não está tão divertido assim no momento, deixe para voltar mais tarde. 

ÚLTIMOS ARTIGOS