24.1 C
Nova Iorque

O ano do Caxias do Sul Basquete

O Caxias do Sul Basquete é uma equipe de basquete de Caxias do Sul, cidade da serra do estado do Rio Grande do Sul. Fundada em 2005/2006, a equipe é uma das principais dentro do cenário gaúcho e disputa a NBB, principal competição de basquete nacional. 

O Gambasquete, mascote da equipe, tem vivido dias felizes com o retorno da equipe ao cenário nacional. O time até jogou os playoffs da última temporada que acabou no meio deste ano. 

Com o começo da nova temporada, o Caxias do Sul Basquete segue os trabalhos e já mostra maior competitividade para estar na parte de cima da tabela da NBB. Em um ginásio com capacidade para quase cinco mil pessoas, os gambás querem mostrar serviço e brigar por nova vaga em playoffs

Para falar um pouco do ano do Caxias do Sul Basquete, que é um clube parceiro da KTO, conversamos com o treinador Rodrigo Barbosa. Ele narrou os principais acontecimentos de 2021 e a expectativa para a continuidade da temporada.

O Caxias do Sul Basquete em 2021

O ano de 2021 foi de muita importância para o Caxias do Sul Basquete e ainda está sendo. Afinal, como o calendário brasileiro se baseia no calendário internacional, a temporada está apenas na metade inicial. 

Após dois anos, o Caxias voltou, em meio à pandemia, a disputar a NBB. O início da temporada 2020/2021 foi de muitas dificuldades, mas com o início de 2021 a equipe conseguiu crescer na competição e foi aos playoffs.

Na disputa do primeiro jogos dos playoffs, o Caxias do Sul Basquete acabou eliminado pelo Bauru por 2×0. Contudo, teve atuações que agradaram o técnico Rodrigo Barbosa. 

O início da nova temporada vem com muita empolgação para os caxienses. Afinal, em oito jogos disputados até o dia 03 de dezembro, a equipe fez oito jogos e quatro vitórias, garantindo a sexta colocação na NBB.

Outro fator importante que foi destacado pelo treinador do Caxias é a montagem da equipe sub-22, que disputa a Liga de Desenvolvimento de Basquete (LDB):

“Importante a montagem da equipe para a LDB, pois ela serve como um bom suporte para a equipe principal que disputa a temporada 2021/2022” – ressaltou Rodrigo.

O calendário do Caxias do Sul Basquete e os principais jogos do ano

Para cada início de temporada, o Caxias do Sul Basquete costuma fazer a sua pre-season, de 30 a 40 dias antes de começarem os jogos. Esse ano, com algumas mudanças decorrentes da pandemia, a equipe conseguiu se reunir 50 dias antes da principal competição, que é a NBB.

Geralmente, o Caxias do Sul Basquete disputa três competições em uma temporada: o Estadual, onde o Caxias é muito forte, a Copa Sul-Brasileiro e a NBB. Esta última é a mais longa, com duração de oito meses. Juntando as competições, o projeto do Caxias normalmente tem 10 meses de trabalho a cada ano. 

Em termos de jogos mais marcantes do ano, Rodrigo Barbosa destacou quatro partidas como as principais. As duas contra o Flamengo, atual campeão da NBB, em que apesar de duas derrotas o Caxias fez jogos duríssimos – exemplo do 80-76 mais recente.  Ele também destacou os dois jogos com o Corinthians, quando os gambás venceram ambos os duelos diante de uma forte equipe. 

“Foram quatro jogos de bons níveis em que vencemos dois contra um dos favoritos da liga e perdemos dois de forma muito acirrada para aquele que viria a se sagrar campeão”  – pontuou o treinador do Caxias. 

Em relação a destaques individuais, Rodrigo Barbosa preferiu salientar a importância do coletivo, sendo que cada jogo vê um ou mais jogadores diferentes se destacando.

As conquistas do Caxias do Sul Basquete

O Caxias do Sul Basquete disputa torneios desde 2005/2006 e já alcançou os seguintes feitos: 7x campeão estadual, 3x campeão sul-brasileiro e uma vez vencedor da Liga Ouro, competição que dá vaga para a NBB. 

Atualmente, o Caxias do Sul Basquete joga sua quinta edição de NBB e a melhor campanha foi na temporada 2017/2018, em que a equipe ficou com a quinta colocação geral e ganhou vaga para a Liga Sul-Americana. No entanto, por falta de recursos, na época, a equipe acabou não disputando o torneio continental. 

Pelo mesmo motivo a equipe ficou dois anos longe da NBB, mas retornou no ano passado a partir das novas parcerias e quer brigar para alcançar seus maiores feitos como clube.

Da bolha ao retorno para casa: gambás de volta em 2021

A NBB precisou se adaptar durante a temporada 2020/2021 e fez um sistema de “bolha” parecido com o da NBA no mesmo período. Esse modelo reunia os times em ginásios isolados, sem torcida, e tentava fazer acontecer o máximo de jogos em um curto período de tempo naquele espaço.

Entretanto, neste ano e com o começo da nova temporada os clubes começaram a ver o retorno gradual do público e com o Caxias do Sul Basquete não foi diferente. O clube, além disso, mudou de ginásio. Antigamente, tinha espaço para apenas mil torcedores e agora pode colocar até cinco mil pessoas no novo espaço.

A média de público nos últimos jogos têm sido de 1.400 torcedores, e a tendência é um aumento à medida que as pessoas se sentirem mais seguras em locais como estádios e ginásios. 

Rodrigo Barbosa destacou a alegria de poder ter o público de volta, seja em jogos dentro ou fora de casa. “É parte do jogo de basquete, torcida contra ou a favor, é um atrativo. O jogo é legal por causa disso”, disse o treinador do Caxias.

O futuro do Caxias do Sul Basquete

A temporada da NBB não para mesmo com o final de 2021 e o Caxias ainda tem muitos jogos em dezembro, janeiro e à medida que for avançando na competição nacional. 
O objetivo, segundo Rodrigo Barbosa, é chegar o mais longe possível, tendo consciência da força das equipes tradicionais e com maior poder de investimento.

Ainda assim, o trabalho segue acontecendo forte dentro da quadra e o Caxias já possui uma tendência de mais solidez na continuidade dos anos. Fora da quadra, vemos um trabalho forte do setor de comunicação do clube com um Instagram sempre atualizado e com mais de 20 mil seguidores, além de outros trabalhos como o “KTO Gambacast”, o podcast oficial do Caxias do Sul Basquete.

ÚLTIMOS ARTIGOS