24.1 C
Nova Iorque

Como apostar na Copa Davis

Como apostar na Copa Davis: Quer apostar na competição que já tem mais de 120 anos de história? Quem é fã de tênis sabe que a Davis é como se fosse a Copa do Mundo do tênis. Porém, se você não conhece muito sobre o torneio, aprenda como apostar na Copa Davis.

A edição de 2020 foi adiada para 2021, devido à pandemia do coronavírus. Com a alteração, o evento está previsto para ocorrer entre os dias 25 de novembro e 5 de dezembro.

Continue com a gente para aprender mais sobre a competição, conheça quais os países que são os maiores campeões e aumente suas chances de ganhar dinheiro com o campeonato. 

imagem de Davi Ferrer usando conjunto vermelho e branco correndo pela quadra de saibro

O que é a Copa Davis

A Copa Davis é o torneio mais conhecido por equipes do tênis mundial. A disputa entre os melhores países ocorre com duas partidas na modalidade simples e uma na dupla. Cada seleção é formada por quatro jogadores titulares e um reserva.

Criada em 1900, a competição masculina começou como um desafio entre Grã-Bretanha e Estados Unidos. Os norte-americanos foram os vencedores. Em 1902, os ingleses buscaram a revanche, mas só no ano de 1903 conseguiram vencer os Estados Unidos.

Nos quatro anos seguintes, outros países como França, Bélgica e Áustria disputaram o campeonato. Em 1905, a Australásia – junção da Austrália e Nova Zelândia -, África do Sul, Alemanha e Canadá também entraram na Davis. 

Em 1923, o torneio contou com 13 países inscritos, sendo dividido em duas chaves, uma na Europa e outra na América, sem a obrigatoriedade dos países obedecerem suas posições geográficas – a Argentina, por exemplo, representou a Europa. 

A partir da década de 70, a Copa Davis chegou a ser disputada durante 16 meses, mas o novo formato gerou reclamações ao invadir a temporada seguinte. 

Em 1980, a Federação Internacional de Tênis alterou a disputa, formando o Grupo Mundial – divisão principal – com 16 países que disputaram a Copa por eliminatórias. Os demais jogaram as classificatórias e o campeão subiu à divisão principal, enquanto outras nações caíram.

Em 1989, foi criado o qualificatório para o Grupo Mundial, com oito países subindo para a divisão principal e oito caindo. 

Formato atual

Até 2018, o Grupo Mundial da Davis disputava jogos no sistema de mata-mata ao longo do ano, no país de uma das equipes envolvidas no confronto. A partir de 2019, a competição se concentrou durante uma semana, na cidade de Madri, com as 18 seleções participantes divididas em seis grupos: 

(A) França, Sérvia e Japão; (B) Croácia, Espanha e Rússia; (C) Argentina, Alemanha e Chile; (D) Bélgica, Austrália e Colômbia; (E) Grã-Bretanha, Cazaquistão e Holanda; e (F) EUA, Itália e Canadá. 

A Espanha foi a campeã do torneio, com a participação decisiva de Rafael Nadal, um dos melhores tenistas da atualidade. 

Com as transformações na forma de disputa, a ideia é deixar o campeonato ainda mais interessante para o público e contar com os principais atletas da modalidade. Porém, muitos fãs estão insatisfeitos por não receberem mais confrontos em seus países.

Como a Copa Davis não faz parte do calendário da ATP (Associação dos Tenistas Profissionais), o novo formato da competição permite que os jogadores participem do torneio sem prejuízos no circuito profissional. 

As mudanças continuam, e, a partir deste ano, a Federação Internacional de Tênis ampliou de sete para 11 dias o período da competição. Além disso, mais duas cidades se juntarão à Madri como sedes do torneio.

Curiosidades 

  • Origem do nome: homenagem a um de seus criadores, o tenista norte-americano Dwight Davis, que ao lado de Malcolm Whitman e Holcombe Ward desafiou um trio britânico para um confronto. 
  • Pausa: entre 1940 e 1945, com a Segunda Guerra Mundial, a Copa Davis não foi disputada, voltando em 1946.
  • País com mais anos na disputa do Grupo Mundial: Estados Unidos, com 37 aparições.
  • Tenista com mais títulos da Copa Davis: o australiano Roy Emerson, com 8 conquistas (1959, 1960, 1961, 1962, 1964, 1965, 1966, 1967).
  • Brasil na Copa Davis: a primeira vez que o Brasil participou da competição foi em 1935. As melhores participações do país – 13 no total – foram em 1992 e 2000, anos em que chegou nas semifinais do Grupo Mundial. 

Tenistas que se destacam

Como é uma disputa por equipes, olhar os países que mais ganharam o torneio pode ajudar a entender melhor como apostar na Copa Davis:

  • Estados Unidos: 32 títulos
  • Austrália: 28 títulos
  • França e Grã-Bretanha: 10 títulos
  • Suécia: 7 títulos
  • Espanha: 6 títulos
  • Alemanha e República Tcheca: 3 títulos
  • Rússia e Croácia: 2 títulos
  • Itália, Argentina, Sérvia, Suíça e África do Sul: 1 título

Na última edição, em 2019, Rafael Nadal liderou a conquista da Espanha. Ele encerrou sua participação com oito vitórias em oito jogos. Desde 2004, o tenista soma 37 vitórias e cinco derrotas na Davis.

Além disso, Nadal ajudou a equipe espanhola a conquistar cinco dos seis títulos na competição centenária.

Mercados de apostas disponíveis

Saiba como apostar na Copa Davis e conheça todas as possibilidades, que vão muito além dos vencedores dos jogos:

  • Handicap de jogos;
  • Handicap de sets;
  • Resultado exato;
  • Total de jogos;
  • Total de jogos para apenas um jogador;
  • Vencedor de um determinado set;
  • Número exato de sets;
  • Se algum dos jogadores não ganhará nenhum set na partida.

Quer mais dicas para apostar em tênis? Separamos algumas informações valiosas para fazerem parte do seu check-list:

  • Busque estatísticas dos jogadores que representam cada país: falamos que a última edição da Copa Davis foi conquistada pela Espanha, que conta com um dos melhores tenistas do mundo, Rafael Nadal. Você pode analisar o ranking da ATP para te ajudar em suas escolhas.
  • Veja as opiniões de especialistas: fique de olho em comentaristas, ex-tenistas e outros conhecedores sobre o assunto. Além de palpites, eles ainda podem trazer outras informações técnicas bem importantes para te ajudar com as apostas.
  • Nunca descarte as chances de “zebra”: as estatísticas ajudam muito, mas elas não são definitivas para os resultados. Ousar em determinado palpite, traz riscos, porém, odds bem mais altas, o que significa mais dinheiro em potencial.
  • Assista a algumas partidas, caso não conheça muito sobre o esporte: saber as regras e o básico do tênis são dicas importantes para fazer bons palpites em suas apostas. 

Como apostar pelo site da KTO

Para começar, você precisa criar a sua conta. Veja como é fácil no passo a passo:

  1. Acesse www.kto.com e clique em registro.
  1. Preencha as informações e, caso possua um promocode, basta preencher o espaço Código Promocional.
  1. Pronto, sua conta está aberta! 

Toda vez que quiser acessar a conta da KTO, basta clicar em ENTRAR e preencher apenas o seu e-mail e a senha.

Antes de começar a apostar, é preciso que você faça um depósito mínimo de R$30,00. Depois, basta procurar a modalidade ou a disputa desejada e começar suas apostas.

A gente quer te lembrar de uma coisa importante: a KTO é um lugar para quem tem mais de 18 anos se entreter e aproveitar momentos de descontração e alegria. Se você ainda é menor, ou se o jogo não está tão divertido assim no momento, deixe para voltar mais tarde.

ÚLTIMOS ARTIGOS