-2.9 C
Nova Iorque

Como apostar em motociclismo, calendário de eventos e apostas

O automobilismo é amado por milhares de pessoas no Brasil e as apostas na Fórmula 1 são velhas conhecidas dos brasileiros. Claro que as motos também possuem um lugar especial no coração de quem curte provas de velocidade e esse será o assunto deste artigo. Vamos abordar como apostar em motociclismo e como se divertir com as análises.

Para que você se prepare, vamos conhecer mais a fundo algumas competições do calendário e alguns dos pilotos mais bem sucedidos do mundo, que poderão se tornar seus favoritos ao realizar as apostas. Tudo isso com um espaço para a história da modalidade.

História das corridas de motos

Como uma espécie de “evolução” das bicicletas, as corridas sobre duas rodas surgiram com as primeiras motocicletas do século XX. Há relatos de corridas desde o ano de 1906 e houve a construção de “motódromos”, para que os amantes da velocidade se reunissem.

Jack Prince, um escocês, foi um dos grandes responsáveis pela construção de espaços específicos para as corridas de moto e se tornou referência na época. O relato é de que o primeiro “motódromo” foi construído em 1909, na Playa del Rey, em Los Angeles, Califórnia.

Com pouco mais de uma milha de extensão, em um circuito oval, bem semelhante aos velódromos para corridas de bicicleta, surgiu, então, o primeiro espaço específico para corridas de motos.

O detalhe mais importante para a ocasião, é que as pistas, assim como nas corridas de bicicletas, também possuía uma inclinação, para favorecer nas curvas e ampliar a velocidade dos competidores, mas nas corridas de moto, a inclinação era ainda maior.

Entre os velódromos, a inclinação tinha em torno de 32°, já nos “motódromos” de Jack Prince, a inclinação chegava a mais de 60° nas curvas, o que era algo inovador e que chamava a atenção de todos.

As motos da época eram fabricadas, em sua maioria, pelas marcas Excelsior, sediada na Inglaterra e a Indian, que tinha como base os Estados Unidos.

De lá para cá, muitas competições surgiram e as motos também passaram por processos de desenvolvimento. Assim, circuitos como os de carros, passaram a fazer parte da rotina das corridas de motovelocidade.

Valentino Rossi Moto GP
Crédito IMAGO

MotoGP

A mais difundida entre as corridas de motos é a MotoGP, que teve sua história contada a partir de 1949, com a primeira edição, ainda organizada pela FIM (Federação Internacional de Motociclismo) e levava o nome de FIM Road Racing World Championship Grand Prix.

Com a evolução das motos, as categorias começaram a surgir, sobretudo por conta do aumento do número de cilindradas dos modelos, como 50 cc, 80 cc, 250 cc, e outras, até chegarmos nas 1.000 cc da categoria principal nos dias de hoje.

Speedway World Championship

A FIM ainda mantém as raízes das corridas de arrancada em pistas de terra, como ocorria antes da criação de pistas pavimentadas, na MotoGP, por exemplo. Desde 1930 o campeonato é disputado e conta com grandes nomes da velocidade.

As disputas são carregadas de emoção desde a largada, já que as provas são disputadas em baterias curtas. As motos escolhidas para esse tipo de evento possuem 500 cilindradas, com marcha fixa e com a dificuldade de não ter freios. A velocidade máxima é de 115 km/h.

Para que se tenha ideia sobre como se desenha cada um dos Grandes Prêmios dessa categoria, vale ressaltar que são 23 baterias de prova no total. Com isso, os oito melhores colocados seguem até a semifinal e os quatro melhores garantem vaga na final.

Hoje as etapas ocorrem em sete países, em um total de 10. As baterias, portanto, são eliminatórias, até que se chegue na grande final, que poderá dar o título ao piloto mais regular.

Países em que a motovelocidade é mais difundida

Se você quer saber como apostar em motociclismo, é importante ter um panorama sobre os países com maior tradição em corridas, seja nos fabricantes ou nos pilotos. Por isso, separamos alguns detalhes importantes para você ter em seus prognósticos.

A paixão por velocidade é algo que já nasce com muita gente, porém em alguns países esse sentimento é ainda mais latente, como Inglaterra, Estados Unidos, Itália, Japão e, mais recentemente, a Espanha.

Entre as montadoras, as principais motos de competição se encontram, na atualidade, em países como Japão e Itália. A “terra do sol nascente”, inclusive, domina os títulos de MotoGP desde o ano de 2008, de maneira consecutiva.

Entre os pilotos, as mais gratas surpresas são os espanhóis Marc Márquez, Jorge Lorenzo e Joan Mir, que também guardam a hegemonia de títulos desde 2012, também de maneira consecutiva.

Vale lembrar que, dos títulos mencionados entre os espanhóis, quem lidera a lista de títulos é Marc Márquez, que faturou seis troféus nos anos de 2013, 2014, 2016, 2017, 2018 e 2019.

Já entre equipes e pilotos da Speedway World Championship, o destaque principal entre países fica com a Polônia, que conta com Bartosz Zmarzlik, que conquistou o mundial da categoria nos dois últimos anos. Ele ainda busca o tricampeonato consecutivo em 2021.

Além dele, vale o registro para seus compatriotas, Patryk Dudek (segundo em 2017) e Maciej Janowski.

Entre os britânicos, que também fazem bonito na categoria, o destaque fica a cargo de Tai Woffinden, que é uma das lendas do esporte na modalidade. Ele chegou ao tricampeonato em 2018 e segue como nome forte nas temporadas.

Pilotos históricos

Entre os nomes mais icônicos da motovelocidade, temos de destacar alguns que já saíram de cena das competições. Há espaço, também, para aqueles que ainda tentam destronar os principais nomes da história. Veja abaixo quais são as principais feras.

Na MotoGP, por exemplo, o maior campeão da história, segue sendo o italiano Giacomo Agostini, octacampeão mundial da categoria.

De lá para cá, dois nomes estão próximos em números de títulos. Vale lembrar que os pilotos mencionados ainda estão em atividade, como Valentino Rossi, com sete, mas que está prestes a encerrar a carreira, e o espanhol Marc Márquez, com seis, logo abaixo.

Outros nomes fortes da categoria, também aposentados, são o australiano Michael Doohan, que faturou o título por cinco vezes e outros três britânicos, que faturaram quatro troféus cada, Geoff Duke, John Surtees e Mike Hailwood.

Já na Speedway World Championship, o principal campeão da história é o suéco Tony Rickardsson, que levou a medalha de ouro por seis oportunidades. Além disso, ainda ficou com a prata por três vezes e com o bronze por mais duas.

Outra lenda das corridas de arrancadas, que também possui seis ouros, é o neozelandês Ivan Mauger, que fica abaixo somente pelo menor número de pódios, já que faturou três pratas e um bronze.

Para fechar, entre os ícones, outro suéco, Ove Fundin, que conquistou nada menos que cinco ouros, além de levar a prata por três vezes, assim como levou o bronze em outras três ocasiões. Sem dúvidas, estes são os maiores da história na categoria.

Calendário de corridas

Para que você fique ligado em cada detalhe, sobretudo se o intuito for apostar, é necessário se atentar também aos calendários de competições. Para 2021 ainda dá tempo de apostar nas etapas, tanto da MotoGP quanto da Speedway Championship.

Etapas da Speedway World Championship

Já foram completadas sete etapas, mas você ainda tem a chance de investir nas últimas duas, antes de chegarmos nos dois dias finais de competição, que ocorrem em outubro, mais precisamente nos dias 1º e 2.

As etapas a serem completadas são na Rússia, no Anatoly Stepanov Stadium, no dia 28 de agosto e na Noruega, no Vojens Speedway Center, no dia 11 de setembro.

As datas de 2022 ainda não foram divulgadas pela organização do evento, mas tudo indica que o número de etapas permanecerá o mesmo, com início em julho, assim como na temporada atual.

Etapas da MotoGP

Para que você possa começar a investir nas provas de MotoGP, você ainda terá um tempo maior, já que as últimas sete etapas vão até o mês de novembro. Ao todo, já foram disputadas 11 etapas da temporada 2021.

São 12 países que recebem o maior evento de motovelocidade do mundo, em todas as suas categorias.

Para 2022, fique ligado, pois as provas deverão voltar no mês de março. Com isso, você poderá traçar todo o seu prognóstico com as informações ainda mais completas sobre pilotos e cada uma das etapas do ano.

Como acompanhar os principais pilotos da atualidade

Para que você siga com as notícias mais atualizadas sobre a motovelocidade, não deixe de seguir os perfis oficiais das competições. Além disso, a grande maioria dos pilotos, seja de MotoGP ou da Speedway World Championship, também possuem perfis nas redes sociais.

Ao acompanhar os pilotos de perto, você consegue ter um resumo sobre a preparação de cada um deles e isso, inclusive, irá auxiliar em suas anotações para cada uma das etapas e até mesmo para prospectar quem pode ser o campeão.

Todas as notícias e detalhes são bem-vindos ao criar seus prognósticos. Essa dica vale para a motovelocidade e para todos os outros eventos em que se pode apostar. Por isso, siga perfis como das maiores estrelas da atualidade.

O hexacampeão de MotoGP, Marc Márquez, por exemplo, tem mais de 5,6 milhões de seguidores em sua conta oficial do Instagram. O atual campeão Joan Mir também está presente e, claro, não deixe de acompanhar as lendas, como Valentino Rossi.

Eric Granado em ação
Crédito IMAGO

Como apostar em motovelocidade

Para você se dar bem, agora que já sabe como apostar em motociclismo, não deixe de fazer seu cadastro no site da KTO. Por lá você acompanhar as maiores competições do calendário da motovelocidade e pode lucrar com as corridas de moto espalhadas pelo mundo.

Os principais mercados das categorias envolvem não somente a projeção do campeão da temporada, mas você também terá acesso às apostas em cada uma das etapas dos eventos. Para ficar ligado, faça uma visita ao site da KTO e veja agora mesmo as odds.

Se você quer ter sucesso ao apostar, não deixe de montar seus prognósticos com bases de informação que vão desde o histórico dos pilotos até as condições climáticas de cada uma das corridas disponíveis. Tudo isso pode interferir na classificação final de pilotos e equipes.

Acompanhe também as possibilidades de apostas em moto ao vivo, que também costumam ser bastante lucrativas, no caso do apostador conhecer os detalhes da modalidade.

Além disso, a KTO oferece uma experiência completa, não só em aposta em campeonatos de moto, mas com mais de 30 modalidades esportivas e outros eventos para que você se divirta e brinque com seus palpites.

A gente quer te lembrar de uma coisa importante: a KTO é um lugar para quem tem mais de 18 anos se entreter e aproveitar momentos de descontração e alegria. Se você ainda é menor, ou se o jogo não está tão divertido assim no momento, deixe para voltar mais tarde.

ÚLTIMOS ARTIGOS