3.4 C
Nova Iorque

Sem vale-tudo: conheça as principais regras do UFC

Regras do UFC: o UFC caiu no gosto do brasileiro e chegou a hora de saber tudo sobre essa modalidade, que gera grandes possibilidades de talvez ter uma aposta ganha!

Quem não ficou acordado nas madrugadas de sábado esperando os combates de Anderson Silva nos octógonos? Graças ao Spider, à família Gracie, Vitor Belfort, José Aldo e a diversos outros lutadores, o MMA e o UFC caíram nas graças do povo brasileiro. 

Mesmo assim, algumas pessoas ainda têm dúvidas em relação às lutas, categorias, lutadores e regras do UFC. Se você quer saber mais sobre o mundo das artes marciais mistas, e tirar todas as dúvidas, fique conosco! 

Afinal, o que é MMA? 

MMA é uma sigla que significa “Mixed Martial Arts”. Em português quer dizer Artes Marciais Mistas. Como o próprio nome diz, o esporte é uma junção de diversas técnicas marciais. 

Portanto, o competidor pode utilizar golpes de diferentes estilos de luta, como wrestling, kickboxing, jiu-jitsu, karatê e boxe. 

Como surgiu o MMA?

O dia 14 de novembro de 1983 ficou marcado por um grande evento de artes marciais mistas no Rio de Janeiro. 

Naquele dia, a Cidade Maravilhosa testemunhou duelos de boxe, apresentações de karatê e uma luta de vale-tudo entre Rickson Gracie e Casemiro Martins, o “Rei Zulu”. A partir daí, o MMA, ainda chamado de vale-tudo, não parou de crescer no Brasil. 

Porém, anos antes, nas décadas de 1920 e 1930, Carlos e Hélio Gracie já promoviam lutas entre estilos distintos. O intuito era difundir o jiu-jitsu, uma arte marcial até então desconhecida do povo brasileiro. Por exemplo, ele desafiava um boxeador, ganhava a luta e mostrava toda a capacidade do jiu-jitsu. 

E tinha gente do outro lado do mundo de olho na ideia da família Gracie. Os japoneses gostaram da fórmula. Assim, na década de 1970, foi criado o Pride, um torneio de artes marciais mistas. 

Depois disso, em 1993, Rorion Gracie contribuiu, e muito, na organização da primeira edição do Ultimate Fighting Championship, mais conhecido por UFC. Ou seja, o Brasil foi peça chave na criação e expansão do MMA, principalmente pelos esforços dos Gracie.

Deiveson Figueiredo e Jarred Brooks
Crédito: IMAGO

Quais são as regras do UFC e MMA? 

Agora que você já sabe como surgiu o UFC, vamos às regras! Atualmente, o regulamento é extenso, mas antigamente não era bem assim. 

Os lutadores não utilizavam luvas, as lutas não tinham um tempo de duração pré-estabelecido, eram permitidos golpes na genitália, chutes na cabeça do adversário que estivesse no chão e até mesmo puxar o cabelo. Havia apenas três proibições: mordidas, dedos nos olhos e puxar a boca do adversário com a mão. 

Dá para entender o motivo dos combates serem chamados de vale-tudo.  

A falta de regras do UFC combate gerava uma violência descomunal. Só para ilustrar, mais de 30 estados norte-americanos proibiram a realização dos duelos. Os organizadores dos eventos precisaram adicionar critérios para as lutas. Desde 1993, o regulamento sofreu diversas atualizações.

Qual foi a primeira mudança de regras do UFC? 

A primeira delas foi em relação à duração da luta. Afinal, as emissoras de televisão têm uma grade de programas e, já que as lutas não tinham tempo estipulado de duração, para respeitar a grade, as transmissões eram interrompidas durante o duelo. 

Mais proibições

As novas regras do UFC seguem proibindo dedo no olho, mordidas e o fish-hooking,a tentativa de fisgar a boca do oponente com a mão. Por outro lado, os golpes baixos e puxões de cabelo foram abolidos. 

Não pode golpear o adversário com as pernas enquanto ele estiver no chão. A não ser que o lutador esteja com três apoios, com os dois pés e uma mão no chão ou com duas mãos e um pé, por exemplo. 

Utilizar o cotovelo de cima para baixo, golpes na cabeça com os dedos esticados, agressões na garganta, na espinha, na parte de trás da cabeça e na virilha também são proibidos. 

Além disso, regras MMA UFC não permitem: 

  • pisões no lutador que está no chão;
  • puxar o calção ou as luvas do adversário;
  • segurar nas grades do octógono;
  • jogar o oponente para fora do octógono;
  • falta de combatividade;
  • xingar e desrespeitar o adversário ou o árbitro;
  • conduta antidesportiva.

Todas as infrações citadas podem acarretar em faltas para o lutador. Essas faltas causam perda de pontos. 

Jon Jones no octogono UFC
Crédito: IMAGO

O que é preciso para vencer? 

Você acabou de conferir o que é ilegal, mas o que é necessário fazer para sair vitorioso do octógono? O triunfo pode vir por meio de uma finalização ou nocaute, duas maneiras bem comuns de acabar com a luta. 

A luta termina se um dos lutadores desmaiar, se o sangramento não for estancado a tempo, se alguma das regras acima forem desrespeitadas ou até mesmo se o tempo de duração do combate encerrar. 

Outro jeito curioso de finalizar a luta é quando o treinador joga a toalha no octógono. É daí que vem a expressão “jogar a toalha”. 

Pesos e categorias do UFC

Você já sabe a história e todas as regras do UFC, então chegou a hora de conhecer quais são as categorias, os limites de peso de cada uma delas. Vale destacar que o Peso Palha, até 52,2kg, existe apenas nas lutas entre mulheres.

  • Superpesado – a partir de 120,2 kg;
  • Peso Pesado – 92,9 kg a 120,2 kg;
  • Meio-Pesado – 83,9 kg a 92,9 kg;
  • Peso Médio – 77,1 kg a 83,9 kg;
  • Meio-médio – 70,3 kg a 77,1 kg;
  • Peso Leve – 65,7 kg a 70,3 kg;
  • Peso Pena – 61,2 kg a 65,7 kg;
  • Peso Galo – 56,7 kg a 61,2 kg;
  • Peso Mosca – até 56,7 kg.

Como funciona a pontuação do UFC?

De acordo com as novas regras, estabelecidas em 2017, a arbitragem deve considerar o domínio, os danos e a duração, o três “D”. Sabendo disso, o round pode terminar em 10-10 quando houver equilíbrio absoluto entre os competidores.  

10-9 também significa equilíbrio, mas com uma leve vantagem para algum dos lutadores. Enquanto isso, se o round termina em 10-8, mostra que o combatente venceu por uma boa diferença. Por fim, 10-7 é decretado quando há ampla dominância, uma vitória esmagadora. 

Quais são os lutadores de destaque do UFC?

A família Gracie, com destaque para Royce, Anderson Silva, Minotauro Nogueira, Vitor Belfort, Lyoto Machida e José Aldo marcaram época nos octógonos do UFC. Assim como, Chuck Liddell, Tito Ortiz, Georges St. Pierre e Randy Couture. 

Atualmente, outras feras dominam o MMA. Como Jon Jones, Israel Adesanya, Kamaru Usman, Alexander Volkanovski, Francis Ngannou, Dustin Poirier, Max Holloway, Brando Moreno e Jan Blachowicz. 

Os “brazucas” ainda têm seu espaço, graças a Deiveson Figueiredo, Charles do Bronx, Rafael dos Anjos, Glover Teixeira e Augusto Sakai. 

Em relação às mulheres, Amanda Nunes é um verdadeiro rolo compressor, favorita na maioria das lutas. Jéssica Andrade, Cris Cyborg e Mackenzie Dern também representam muito bem o nosso país. 

Os lutadores e as lutadoras competem de janeiro a dezembro. Afinal, os eventos acontecem durante todo o ano. Eles são constituídos por lutas preliminares e card principal, a grande luta da noite. 

Pronto, você já sabe como surgiu o MMA, as regras do UFC, os principais lutadores e as categorias. Que tal utilizar os conhecimentos adquiridos neste texto em suas apostas? 

Saiba que a KTO é o lugar certo para isso! Além de oferecer segurança, odds altas, dezenas de mercados, diversos esportes, jogos de cassino e várias promoções, a KTO incentiva a luta brasileira. O pugilista Esquiva Falcão, medalhista de prata nos Jogos Olímpicos de Londres 2012, é apoiado pela KTO. 

Logo no início da pandemia da COVID-19, Esquiva se tornou motoboy para sustentar a sua família. Mas agora, com o patrocínio da KTO, o nosso lutador se dedica apenas ao boxe!

A gente quer te lembrar de uma coisa importante: a KTO é um lugar para quem tem mais de 18 anos se entreter e aproveitar momentos de descontração e alegria. Se você ainda é menor, ou se o jogo não está tão divertido assim no momento, deixe para voltar mais tarde.

ÚLTIMOS ARTIGOS